Dica do dia: Diferenças entre tipos de Shampoos

Olá pessoal. Tudo bem? Hoje tenho um post especial pra vocês e nele vou falar sobre os diferentes tipos de shampoos. Pois sim, existem vários e vários tipos diferentes dele, tanto no tipo de shampoo mesmo, quanto para o tipo de cabelo. E cá entre nós, nem todos sabem diferenciar bem um do outro e compra um que não vai ser bom para si sem saber disto.

PS: Deixo claro que o conteúdo descrito aqui não é copiado de lugar algum, é tudo fruto de meu conhecimento e estudo.

1. Relação entre tipos de Shampoo:

1.1 Shampoo 

Todo e qualquer shampoo, antes de tudo, tem uma função específica: limpeza. Não importa se é hidratante, se vai escurecer os fios, se vai dar brilho e qualquer outra coisa, o primordial em qualquer shampoo é a limpeza.

1.2 Shampoo de uso diário

O shampoo de uso diário é um shampoo comercializado para uso do consumidor que vai comprá-lo em mercados, farmácias e afins. Tem um ph estabilizado geralmente entre o 4,5  e 6,5 (no máximo)*. Ele faz uma limpeza boa nos fios sem chegar a agredi-los e pode ou não conter ativos hidratantes, umectantes entre outros, mas em dosagem relativamente baixa. São geralmente feitos para cabelos normais e mistos.

1.3 Shampoo Hidratante

O shampoo hidratante é aquele que contém mais ativos hidratantes, ou seja, tendo um efeito emoliente e umectante superior ao de uso diário. Ele geralmente tem boa quantidade de agente engordurante (ou algum ativo em si como karité ou argan, por exemplo) ou agente umectante (ou ativo como pantenol e murumuru). Variam entre o ph 4,0 ao 5,5 na maioria. Geralmente são indicados para quem tem cabelos secos.

1.4 Shampoo Anti Resíduos

O shampoo anti resíduos seria o tipo de shampoo mais potente, pois ele tem um poder bem mais adstringente que um shampoo de uso diário. Eles tem a função de eliminar TODO o resíduo químico, de sujeira e oleosidade que ficam no couro cabeludo e nos fios excessivamente, sendo geralmente utilizado antes de processos de queratinização, cauterização, escovas variadas ou tratamentos mais profundos. Porém, seu uso abusivo ou corriqueiro pode trazer malefícios aos fios, visto que ele deixa as cutículas capilares muito abertas e também eliminam parte de queratina e tratamentos feitos anteriormente. Façam o teste, utilizem uma tintura e use o anti resíduos depois e verão o que estou falando. Ele é mais adstringente que um shampoo para cabelos oleosos, tem um ph alto variando do 6,5 até ao 9,0 em uso profissional.

 

2. Shampoos para determinados tipos de cabelos:

2.1 Shampoo para cabelo normais a mistos

Seriam estes, versões alternativas/semelhantes dos shampoos para uso diário, tendo geralmente proteína do leite em sua formulação ou algum ativo de força e maleabilidade. Geralmente vão da textura perolada até a cremosa.

2.2 Shampoo para cabelos secos

Os shampoos para cabelos secos são variações dos hidratantes (em grande maioria), sendo baseados em óleos, manteigas, frutas mais oleosas e frutas com propriedades umectantes. Podem, ou não serem mais hidratantes que os shampoos hidratantes, e também podem ter poder nutritivo. São geralmente cremosos.

2.3 Shampoo para cabelos oleosos

Os shampoos para cabelos oleosos possuem um nível adstringente mais poderoso em relação aos dois anteriores. Eles tem o dever de eliminar a oleosidade excessiva dos fios oleosos e deixá-los “livres” para receberem o tratamento adequado. Tem pessoas que preferem não utilizar o condicionador, mas ele é muito importante, pois lembrem-se que como o shampoo ´mais adstringente, ele vai abrir mais as cutículas. Por isso devem utilizar um condicionador para cabelos oleosos que vai selar os fios sem pesas em gordura. São geralmente transparentes.

2.4 Shampoo creme

Os shampoos creme são shampoos mais hidratantes, umectantes, nutritivos que os hidratantes e os para cabelos secos. Eles geralmente são bem cremosos e dão sensação de hidratação aos fios. Tem uma quantidade maior de ativos e por isso podem ajudar a já tratar os fios. São indicados para cabelos muito ressecados, extra secos e danificados.

2.5 Shampoos para cabelos loiros/claros

São geralmente shampoos de embalagens amarelas ou claras (eba kk’) e o diferencial é que geralmente tem os ativos camomila e girassol que ajudam a dar brilho e claridade aos fios. Em continuidade dão uma clareada nos fios puxando para um tom dourado.

2.6 Shampoos para cabelos escuros

São geralmente shampoos com ativos mais escuros como o chocolate ou baseados por exemplo na melanina, que é a responsável por pigmentar os cabelos e neste caso, evita que eles desbotem para uma cor mais clara e sem vida.

2.6 Shampoos matizadores/desamareladores

São shampoos para cabelos descoloridos, tingidos com tinturas superclareadoras ou já loiros muito claros e naturais, contendo pigmento roxo (violeta), azul ou cinza que contrastam o efeito amarelado ou alaranjado/acobreado dos fios deixando-os mais puxados para um tom natural e mais frio.

2.7 Shampoos reconstrutores

São shampoos baseados em queratina, cisteína ou creatina em grande maioria. Eles ajudam a dar força e reconstruir os fios dando força, maleabilidade e brilho.

2.8 Shampoos doadores de brilho/para cabelos opacos

São shampoos que contém ativos com ativos que geram brilho aos fios podendo ser ativos como o semi di lino ou ceramidas ou silicones (odeio particularmente linhas baseadas em silicones), por exemplo. Eles são produtos mais seladores das cutículas capilares, pois sabemos que para um cabelo brilhar, ele precisa estar selado.

2.9 Shampoos repositores de massa

São shampoos que tem a função de dar força aos fios e também dar emoliência, no tal, dar a naturalidade dos fios. Podem ou não conter queratina e são geralmente mais cremosos.

2.10 Shampoos para cabelos quimicamente tratados e alisados

São shampoos para um tratamento mais profundo da fibra capilar. Contém em grande maioria a queratina que é o item mais perdido por cabelos quimicamente tratados e também contém ativos umectantes e nutritivos, balanceando a quantidade de ambos nos fios. São feitos para tratar os fios que ficam com as cutículas mais abertas, mas como podem notar, não têm muito poder selador, justamente para poderem colocar nos fios o máximo de ativos que puderem.

2.11 Shampoos para cabelos tingidos

Tem função de selar as cutículas dos fios, para dar brilho e maciez e principalmente, para reter neles os pigmentos artificiais contidos nas tinturas e colorações aplicadas nos fios.

 

Bom, existem ainda mais e mais tipos de shampoos, mas é só vocês irem naquele que se adapta com as condições dos seus fios, não naquele que é mais caro ou mais barato, nem naquele que você viu a propaganda na tv e nem aquele que fez bem pra um amigo com o cabelo diferente do seu.

 

Abraços.

F.

 

 

 

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: